Duomo de Milão, a Catedral em estilo gótico mais linda do mundo!

Onde fica o Duomo?

Piazza del Duomo, 20122 Milano, Itália

Veja o site aqui para mais informações.

Horário de funcionamento da Catedral:

A catedral está aberta todos os dias, de 7 da manhã as 19 h, mas a última entrada para visitação se encerra as 18:45 h.

Missas:

As missas acontecem de Segunda a Sexta as: 07:00 – 07:30 – 08:00 – 08:30 (cripta) – 09:00 – 10:00 – 11:00 – 12:45 (exceto no mês de agosto) – 17:30

Aos sábados, 08:30 (Cripta) – 09:00 – 11:00 – 12:45 (exceto no mês de agosto)

e domingos, 07:00 – 08:00 – 09:30 – 11:00 – 12:30 – 17:30.

Não é uma missão fácil ir a missa no Duomo. Há muitas pessoas na fila para a entrada e é uma situação bem confusa. Eu confesso, que ao fim de uma longa e conturbada espera, eu desisti! As filas não são muito bem organizadas, ou eu realmente não tive sorte…

Para não frustrar a visita:

Na grande maioria das igrejas da Itália há uma regra de vestimentas, e no Duomo não é diferente. Não é permitido a entrada de pessoas vestidas com regatas, mini-saias, shorts e blusas decotadas.

A entrada é paga?

A entrada na Catedral é gratuita, mas algumas partes são pagas e a compra dos ingressos se dá numa bilheteria, bem visível, do lado de fora na lateral da igreja.

Na bilheteria, haverão uns “combos” a serem escolhidos e tem uma pegadinha. O nome da Catedral está incluído no combo, como se para entrar na Catedral, você tivesse a opção de pagar pela entrada nela. Isso não existe! A entrada na Catedral é gratuita.

Os combos são: Catedral + museu do Duomo + igreja de San Gottrado in Corte, ou o Duomo pass = catedral + museu+ subterrâneos + telhados sem elevador ou ainda, visita apenas dos telhados com acesso ao elevador, visita só dos telhados sem elevador ou visita subterrâneos e interior catedral.  Ufa!

O valor do ingresso mais completo, fica em torno de 12 euros. Crianças até 6 anos não pagam e de 6 a 12 anos, há uma redução no valor do ingresso. Se a sua criança estiver com pelo menos 10 anos, leve um documento comprovando a idade para não haver qualquer dúvida na hora da compra do ticket.

Um pouco da história do Duomo.

A construção é de 1386, com o objetivo de pegar o lugar de duas outras igrejas que existiam nesse mesmo espaço: a Igreja de Santa Tecla e Santa Maria Maggiore. A cidade de Milão tem como símbolo a Santa Madonnina, e é ela que está  no topo da igreja, a 108.5 metros de altura. A santa foi esculpida em 1774 por Giuseppe Perego.

A Catedral é em estilo gótico, e toda revestida em mármore branco-rosa de Candoglia. A chegada do material era tão complicada e o tamanho da igreja tão monumental, que foram necessários cinco séculos de obras para que ela ficasse pronta. A igreja só fica pronta com a ordem de Napoleão Bonaparte, que queria que a sua coroação acontecesse na igreja. Por isso, no tempo recorde de 8 anos, tudo foi terminado.

Hoje, a catedral tem mais de 3500 estátuas apenas na sua fachada, inúmeros vitrais e obras de artes, uma riqueza inestimável. Ela é a quarta maior igreja da Europa, com 5 naves, 40 colunas  e algumas capelas, das quais a mais visitada é a que guarda estátua do Apóstolo Bartolomeu.

A igreja tem um pequeno andar subterrâneo, que conta um pouco da história das duas outras igrejas que existiram no local e abriga algumas memórias e restos da dominação romana do sec. IV.

O telhado. Para quem for subir ao telhado, avalie se não há muita névoa, se houver não há muito o que ver. É realmente muito alto. Com o céu limpo, você conseguirá aproveitar mais o passeio e enxergar a Santa Madonnina e as demais 3.500 estátuas!