Partiu, Zurique e o monte Titlis?

Uma das coisas mais legais para se fazer quando se vai a Suíça é ver neve!

Do avião já dá aquela emoção de ver tudo branquinho… uma paisagem tão diferente para nós! Mas dependendo da época do ano que você vá, esse encontro entre você e a neve não será possível. Mas existe um lugar!

O monte  Titlis!

Titlis é um monte, na verdade ele está na classificação de geleiras, que fica pertinho de Zurique.  O monte possui 3.000 metros de altitude e para a nossa alegria, tem neve o ano inteirinho!

Como chegar ao Titlis?

A subida ao monte em si, é feita de bondinho. Mas vamos entender como se chegar lá vindo de Zurique.

De carro será a forma mais prática. Você deve dirigir até a cidade de Engelberg, o que dará quase uma hora de viagem, mas com uma paisagem bem bonitinha. Próximo a chegada da cidade você já começará a vislumbrar o Titlis, ele não tem como se esconder! Chegando a cidade, logo na entrada, terá um enorme estacionamento de terra batida e a sua frente a entrada do bondinho.

Outra forma bem confortável é ir de ônibus. Existem algumas empresas de turismo que fazem esse passeio. Eles pegam grupos em hotéis para passar o dia em uma excursão que faz Titlis e Lucerna, que é uma cidadezinha encantadora. O ônibus vai estacionar no mesmo local que os carros particulares. Não esqueça de ver com o motorista o horário do retorno.

E finalmente, a ida de trem. Eu confesso que não optei pelo trem porque achei cansativo para as minhas crianças. Você deve pegar o trem na estação de Zurique até Lucerna, e de lá outro para Engelberg. Apesar de cansativa, essa é sem dúvida, a forma mais barata de se ir ao Titlis, principalmente se você comprar o Swiss Travel Pass. Mostre-o na hora da compra do ingresso do bondinho para receber 50 % de desconto. Mas preste atenção, para economizar, só se você tiver comprado o pass. Caso vá comprar o ticket de viagem por viagem, você perde o desconto da subida do bonde.

Cuidados no Titlis.

Como você estará a 3.000 metros de altitude, seu corpo precisa de um tempo para se adaptar, não se empolgue para correr e ver logo a ponta do monte.

O bondinho sobe numa velocidade bem tranquila, possível de ver toda a paisagem e fazer fotos lindíssimas.

O monte, tem duas estações. Ao chegar na primeira estação, suba direto, porque essa primeira tem o percurso dos lagos, veja eles depois. Continue no seu bondinho, é só não descer!

Chegando na segunda estação, haverão, se não me engano, 4 andares. Existe elevador, mas a fila é grande e ele é pequeno. O uso é prioritário para pessoas com problemas de locomoção e carrinhos de bebê. Portanto, opte pelas escadas e suba devagar para não ter vertigem, principalmente perto do último anadar. Lembre-se, você está a 3.000 metros de altitude!

O que tem para fazer lá em cima?

Após o passeio inesquecível no bondinho, você entrará em um prédio, que acho eu que, tinham 4 andares.

O primeiro terá uma loja, daquelas que as crianças enlouquecem os pais, rsrs! No segundo, se não estou enganada, terá a casa de gelo, um inglu, que é bem legal de se percorrer.

No terceiro andar, uma loja da Lindt chocolates, e no quarto, um restaurante com uma vista incrível!!! Faça questão de sentar perto das janelas porque vale a pena.

 Papi e mamis foram comigo.

O restaurante é ótimo para crianças, tem massa, pizza (Atenção: sabor Marguerita na Europa, é a nossa pizza de Muçarela). As porções são bem servidas.

Mas e o gelo?

Passando o último andar, terá a tão esperada entrada para o monte! Lá, terão muitas atividades a serem feitas. Cuidado com o choque de temperatura, dentro do prédio estará com aquecimento.

Para a criançada terá o Glacier Park, com boias, trenós e muito espaço para se jogar a vontade na neve. Literalmente para deitar e rolar!

A “ponte do rio que cai”. Para os mais corajosos, há uma ponte cheia de desafios para ser atravessada. Eu tive tanto medo que não sei para onde essa ponte levará alguém. Mas se você tiver coragem, vai lá e volta aqui para me contar!

E por fim, o Ice Flyer. Um teleférico de cadeiras abertas para passar por cima do monte.

Não esqueça de ir ao lago!

Lembra da primeira estação? Agora será a hora de conhecê-la. Na volta, desça do bondinho, não perca seu ticket!

Existem umas rotas de caminhadas para serem feitas ao redor dos lagos. Existem 4 lagos nessa região. Saindo da estação e andando um pouco, você já encontrará o primeiro lago que terá umas canoinhas para quem quiser se aventurar na brincadeira. É gratis e estão a disposição. É uma região muito bonita. Vale a paradinha se você dispor de tempo.

You might also enjoy: