A chegada em Luxemburgo

Essa chegada, se for de avião, certamente será inesquecível! Não exatamente pela paisagem, que é até muito bonita, mas pelo tamanho inusitado dos aviões que fazem rota Lux. Não existe um avião que venha direto para Luxemburgo do Brasil, você terá que vir pelo aeroporto de Paris, Portugal, Espanha, Alemanha… enfim, você terá que entrar por algum país grande para poder então pegar uma conexão para Luxemburgo. A grande maioria dos aviões que fazem esse voo são bem pequenos, com no máximo 50 passageiros e de qualquer ponto que você venha o voo será bem curto. Acredito que essa seja a alternativa mais barata para se chegar a Lux. Fique sempre atento aos sites das companhias aéreas que fazem o trajeto enquanto estiver montando sua viagem porque há várias promoções com voo absolutamente baratos para Luxemburgo. A mais conhecidas são Luxair, KLM, TAP, Luftansa…

O desembarque será muito fácil, o aeroporto é simplesmente minúsculo perto de qualquer aeroporto de voos nacionais do Brasil, você não irá se perder! Já dentro do saguão de malas, haverá apenas duas esteiras para retirada das malas, um cambio, os banheiros e o corredor de saída.

Na saída só haverá uma porta, e lá, provavelmente dois policiais da alfandega de Luxemburgo; caso eles lhe parem, nada de pânico, fale em inglês, francês ou alemão caso saiba uma das línguas, mas com sorte, será um guarda português. Sim! Há policiais que falam português, claro que se trata de uma  sorte sua… mas eles existem! As perguntas serão as clássicas de turismo: se você tem onde se hospedar, qual a data de retorno, o que foi fazer no país, quanto de dinheiro você tem e o esperando é uma média de 80 euros pode dia, e pode acontecer que eles lhe peçam para abrir suas malas. Também nada de pânico. Em Luxemburgo, não pode entrar bebida, comida, folhas, sementes, plantas… infelizmente, se você tiver algo assim, esteja preparado para o desapego, eles realmente irão tirar da sua mala.

Vindo de trem: A viagem de trem é sempre linda, seja vindo de Paris, de Bruxelas, enfim, de onde você vier o caminho será lindo. A desvantagem é que é sempre bem caro, mas com antecedência é possível se achar algumas promoções bem interessantes. O trem para Luxemburgo possui duas classes, a primeira, que é ótima, com banheiros e poltronas vermelhas e segunda, que é igual a primeira mas só é ruim porque as poltronas são azuis! rsrsrsrs! Sinceramente, eu já fiz viagem de primeira e segunda classe para Luxemburgo e a diferença foi apenas que a poltrona da primeira inclinava um pouco e a da segunda não. Enfim, pode ser que hajam outras diferenças mas nada que eu tenha visto como gritante a ponto de se pagar a diferença das classes, mas vai… tudo é uma experiencia e depende da hora da sua viagem. Só lembre-se, que apesar da Europa ser um lugar seguro, as coisas também acontecem! Viajar de trem com bagagem a noite, no período de dormir, não é exatamente a opção mais segura de viagem, será a mais barata com certeza, mas esteja atento a tudo.

Na saída do trem, você vai parar na Gare de Luxembourg, ou estação de trem de Luxemburgo, que é um prédio lindo e de onde seu passeio histórico já começa. Você estará no bairro da Gare, o centro comercial popular de Luxemburgo, desse ponto, você poderá pegar taxi ou ônibus para o seu hotel. Uma curiosidade é que sábados e domingos não se paga ônibus em Luxemburgo. Nos dias de semana, os bilhetes são comprados com o próprio motorista e custam 2 euros para o uso de duas horas ou 4 euros para o dia todo. Não importa a linha. Não será cobrado de você o papel que comprova a sua compra do bilhete em nenhuma outra viagem que você fizer mas esteja sempre com ele em mãos, pois se aparecer a fiscalização e você não o tiver, a multa é paga na hora e fica em torno de 159 euros. Não perca seu bilhete! Crianças até 12 anos, inclusive, não pagam passagem de ônibus em Lux.

Luxemburgo tem um aplicativo de ônibus para que você saiba todos os horários. Assim como em boa parte da Europa, ônibus tem hora e tem ponto certo, não adianta pedir que a porta só abre no ponto. Se estiver do lado de fora do ônibus para pegá-lo e o motorista deu seta e fechou a porta, esqueça, aguarde pelo próximo. Alguns ônibus, abrirão a porta automaticamente, outros você deve apertar um botão verde perto da porta para que ela abra.

Carro: Luxemburgo é super acessível de carro, as estradas são ótimas de todos lados, se compararmos com as estradas do Brasil, claro. Mas será visível a diferença de uma estrada Belga para a Alemã e Francesa.

As melhores estradas são as alemãs, não se preocupe com nada, apenas com a falta de velocidade máxima de alguns trechos que vão te fazer tremer de medo quando um carro passar no momento em que você piscou, então mantenha-se a direta por mais que você goste de correr, porque sempre terá um alemão que corre muito mais e vai fazer você trocar de pista.

As estradas francesas são ótimas também, um pouco mais confusas com relação a caminhões principalmente cedo e em dias de semana.

As estradas Belgas não são ruins,  mas são menos cuidadas e um pouco mais cheias principalmente de manhã cedo e umas 16 h, 17 h, porque assim como franceses e alemães, muitos belgas que moram na fronteira de Lux trabalham em Lux, a diferença é que as estradas deles têm um limite de velocidade menor, têm mais carros que as outras duas, uma qualidade de pista não tão boa quanto as outras, muita sinalização e caminhões, e isso não chega a causar um engarrafamento como os que conhecemos de estradas do Brasil, mas pode te fazer levar mais tempo de viagem. Sem ser no horário de pico, não haverá problema algum.

Até o momento, por causa do acordo da comunidade europeia, não há problema algum em se passar de uma fronteira para outra mas não custa você ter todos os seus documentos a mão.

Uma coisa que você deve pensar quando decidir por fazer sua viagem de carro para Luxemburgo é que os estacionamentos não são tão baratos, portanto, certifique-se que o local onde você irá se hospedar lhe proporciona uma garagem ou algum desconto na sua diária. Por outro lado, há estacionamentos perto dos pontos de ônibus maiores, chamados P+R ( park+ride), onde você pode deixar o carro por 24 horas sem pagar nada, pagando uma média de 10 euros a partir da vigésima quinta hora. O que você deve observar é onde são esses pontos, porque em geral eles ficam nas extremidades da cidade de Luxemburgo, exatamente para as pessoas que vem pelas estradas de outros países a trabalho, pararem seus carros e pegarem os ônibus, se todos eles entrassem na cidade, viraria um caos!

 

You might also enjoy: